Páginas

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Sobre o poder do silêncio (ou faça menos fofoca na sua vida...)

Oi lindezas!

    Se tem uma coisa que anda me incomodando, e muito, é como as pessoas gastam seu precioso tempo falando (e cuidando) da vida dos outros. Muitos acham que isso não é fofoca, são apenas observações, já que a palavra fofoca tem um peso tão negativo que, se não se está falando mal, não é fofoca.
    Mas, pra mim, sempre que você passa a cuidar da vida alheia, emitir opiniões sem que lhe seja pedido, imaginar e, principalmente, falar sobre coisas que não dizem respeito a seu próprio umbigo, você está fazendo fofoca.

    E nisto tudo, ando me perguntando: o que ganho ao especular sobre a vida alheia? Nada!!!!

    Óbvio que tenho lá minhas curiosidades. E é mais que normal a gente querer fazer um ou outro comentário com aquele melhor amigo. Mas, até que ponto isso é saudável? Conseguimos deixar pensamentos maldosos de lado ao fazer isso? Será que, ao fazermos isso, o universo não manda coisas ruins pra gente (a tal da lei do retorno)? E gostamos quando sabemos que alguém está especulando sobre nossa vida?

    E foi pensando em tudo isso que neste novo ano resolvi investir em MAIS SILÊNCIO.

    Quero falar menos e ouvir mais. Pensar, ser menos impulsiva antes de sair falando o que eu acho. Afinal, as palavras podem machucar facilmente.

    Somado a todos estes questionamentos e resoluções, vi hoje no blog da Ju (que eu amo, por sinal) sobre os quatro compromissos da filosofia tolteca. E um deles era sobre a impecabilidade da palavra (link do post AQUI). Ela disso tudo que eu acho. É muito mais fácil espalhar rancor e maldade, do que amor e gentileza, com nossas palavras.

    Então, será que não é hora de falar menos e silenciar mais? Preocupar menos com a vida alheia e rezar mais para o próximo? Criticar menos e sorrir mais?

    O que vocês acham? Já pensaram sobre isso?

Beijo Beijo Beijo
DANI

Ps: No próximo post tem looks do Golden Globe... #amamos

14 comentários:

  1. Concordo 100%! O que mais tem é gente falando demais, muitas vezes sobre coisas sobre as quais nem sabem.

    Tem sorteio rolando no meu blog, de um kit de makes. Se quiser participar e/ou divulgar, está feito o convite! http://oblogdafenixx.blogspot.com.br/2015/01/sorteando-super-kit-de-makes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi!

      Pode deixar que vou participar do sorteio e em breve divulgo por aqui.
      Bjao e volte sempre!

      Excluir
  2. Oi Dani.
    Com certeza falar menos e escutar mais!! Eu acredito que gente feliz não tem tempo para cuidar da vida dos outros, porque está muito ocupada cuidando da sua, sem tempo para fofocas.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera!

      Tambem acho que gente feliz quer é mais felicidade e isso inclui, obrigatorimente, menos fofoca!
      bjao e linda semana, querida

      Excluir
  3. Acho isso o fim da picada. Eu estou extremamente decepcionada com algumas pessoas da minha família que acham isso tudo muito lindo e quando se juntam só falam da vida alheia.
    Por isso parei de frequentar eventos e festas. Esse ano comemorei o Natal e Ano Novo na casa de minha mãe porque disse que não iria me aborrecer com esse tipo de atitude.

    Passei muita raiva na confraternização do Batizado do meu filho quando rolou uma discussão por causa de política e logo as pessoas já estavam comentando para outras pessoas que nem estavam presentes no evento sobre o que estava acontecendo via what's up. Outro fato aconteceu no casamento da minha prima; as pessoas que estavam na festa criaram um grupo e estavam falando mau do casamento. Posso com isso?

    Só me resta me afastar desse tipo de pessoa.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estava num evento familiar quando me senti hiper incomodada com a falação. Fui ficando irritada e por fim me isolei num canto com a desculpa que estava com dor de cabeça. De fato, me incomodou tanto tudo aquilo que passei mal, nao físico, mas mental e espiritual. Acho que isso atrai muita energia negativa...

      O melhor mesmo é se afastar, seja temporariamente ou de vez.

      beijao e linda semana
      #foconadieta

      Excluir
  4. Com certeza, Dani, devemos ouvir mais e falar menos...Não foi à toa que Deus nos fez com dois ouvidos e uma boca...
    Acho que pessoas que vivem "cuidando" da vida dos outros, não querem encarar a bagunça da sua própria vida e colocá-la em ordem. Conviver com pessoas assim é muito triste e até perigoso... Acabam, de alguma maneira, nos causando algum mal.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Eliane!

      Você simplesmente disse T-U-D-O!
      Como diz no Pai Nossa: "Livrai-nos do mal"

      beijao lindona!

      Excluir
  5. Com certeza, Dani, devemos ouvir mais e falar menos...Não foi à toa que Deus nos fez com dois ouvidos e uma boca...
    Acho que pessoas que vivem "cuidando" da vida dos outros, não querem encarar a bagunça da sua própria vida e colocá-la em ordem. Conviver com pessoas assim é muito triste e até perigoso... Acabam, de alguma maneira, nos causando algum mal.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Volte sempre, Ju!
      Beijos, boa semana e sucesso!

      Excluir
  7. Eu tenho tanta coisa pra fazer que não tenho tempo para falar da vida alheia!! Cada um sabe de sí! E se vê que alguém está com alguma dificuldade, então ajude-a!!! Eu penso assim! :)

    ResponderExcluir
  8. É como eu sempre digo:
    ''Se algo está indo bem, é melhor não espalhar por aí, não por egoísmo, mas por proteção.''

    ResponderExcluir

Compartilhe conosco sua opinião!